Linfonodomegalias cervicais

Linfonodomegalia cervical significa aumento dos linfonodos do pescoço (também chamados gânglios linfáticos ou “landras”). Os linfonodos são estruturas em forma de “feijão” que têm função de defesa.

Os linfonodos podem aumentar em diversas circunstâncias: inflamações (na garganta, nos dentes, etc.), infecções (virais ou bacterianas) e câncer.

A existência de células cancerígenas nos linfonodos pode ser decorrente de câncer em outra estrutura próxima (boca, faringe, laringe, etc.) ou câncer primário do linfonodo (linfoma).

Com tantas possibilidades diagnósticas, o esclarecimento da linfonodomegalia cervical necessita conjugar dados obtidos na história clínica (anamnese), exame físico e exames complementares. Não é infrequente ser necessária a retirada cirúrgica de um ou mais linfonodos – biópsia excisional – para definição da causa e programação do tratamento.